Dodge and burn: passo a passo para dominar a técnica!

Uma das técnicas mais comuns de edição para agregar valor à fotografia é, sem dúvidas, a de dodge and burn — e isso não é à toa. Afinal, ela explora a iluminação e as sombras das imagens, aumentando-as ou diminuindo, conforme o seu interesse.

Isso permite mudar por completo a intensidade das cores, destacar elementos, gerar profundidade, reforçar planos e muito mais. Por isso, trouxemos um passo a passo simples, que vai mostrar como usá-la no seu dia a dia e, de quebra, evitar erros que comprometem a qualidade final da fotografia. Confira!

Acerte na escolha do pincel

O primeiro passo sobre como fazer dodge and burn é escolher bem os pincéis. Isso porque eles devem ser apropriados ao tamanho do objeto no qual se deseja aplicar o efeito. Do contrário, você pode acabar alterando vários elementos de uma só vez, gerando distorções na composição da imagem.

Outro ponto crucial é que, para um clareamento ou sombreamento mais sutil e harmônico, o ideal é optar por pincéis com menos dureza. Assim, o efeito fica com bordas menos marcadas e perceptíveis.

Comece primeiro pelo reforço de sombras

Embora o dodge and burn permita alterar luz e sombras, sempre escolha começar pelo segundo. Isso porque, por mais que você mexa nelas, não haverá alterações significativas na iluminação dos planos ou elementos da imagem.

Por outro lado, ao modificar a direção, a intensidade ou os focos de luz, automaticamente, você impacta a quantidade de sombras. Ou seja, fica mais complicado corrigi-las depois, o que, inclusive, compromete o resultado que você espera alcançar.

Tenha cuidado ao clarear ou escurecer

Um terceiro ponto importante ao usar dodge and burn é ter cuidado tanto na hora de clarear quanto na hora de escurecer partes de uma imagem. Há dois motivos para isso. O primeiro é que uma grande quantidade de sombras pode deixá-la com as cores “estouradas”, principalmente, quando são direcionadas sobre a pele humana.

Sem falar que as sombras podem, literalmente, sumir com elementos da foto — o que é péssimo em retratos com muitos objetos ou pessoas no fundo. Já o excesso de luz afeta diretamente a qualidade da imagem, comprometendo a percepção que se deseja alcançar.

Use uma boa plataforma de edição

Para facilitar a aplicação e a manipulação do efeito, use-o em uma plataforma de edição. Por exemplo, dodge and burn no Photoshop ou dodge and burn no Lightroom.

Isso porque elas trazem não só uma maior variedade de pincéis, como recursos que facilitam e agilizam o processo de clareamento e/ou sombreamento. É o caso das curvas, da exposição, dos filtros e dos presets (definições fixas de edição).

Viu só como o dodge and burn é uma ferramenta de edição mais simples do que muitos imaginam? Portanto, comece já a praticá-la para ganhar experiência e se habituar a ela, investindo, principalmente, no uso da criatividade para produzir fotos com um resultado marcado por muita personalidade.

Já que falamos sobre os presets do Lightroom, aproveite para saber como criá-los de forma profissional!

TAGS

Compartilhe nas redes sociais

AUTOR:

Post produzido por Fujifilm X Series Brasil Acompanhe as redes sociais oficiais: @xseriesbr no Instagram e X Series Brasil no Facebook

Logo fuji

Blog Fujifilm

Explore o mundo da
Fujifilm X Series e GFX!

SIGA A X SERIES POR E-MAIL

Inscreva-se e receba a
nossa newsletter e outras
novidades da X Series!

Quem escreve para a X Series:

Mãe e Fotógrafa, apaixonada por ambas funções. Vive de fotografia desde 2001, quando percebeu que luz,...

Analista de Sistemas, Designer Gráfico e Fotógrafo e Certificado Adobe Expert por seu vasto conhecimento...

Fotógrafo, filmmaker e designer gráfico. Criador do PhotoWalk, amante de café e boas histórias.

X-Photographer desde 2014. Trabalho com fotografia e vídeo desde 1995 e transito por inúmeras áreas...

Loja virtual

fujifilm-logo-01

SIGA X SERIES

VEJA TAMBÉM

mercado de fotografia

Conheças 4 tendências do mercado de fotografia para os próximos anos

A fotografia é uma arte que mexe com os sentimentos e as emoções das pessoas….

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA
videomaker e filmmaker

Videomaker e filmmaker: entenda as diferenças e descubra como destacar seu trabalho!

Consumir conteúdos audiovisuais é uma tarefa fácil, e todo mundo gosta. Mas você já parou…

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA
storytelling na fotografia

Storytelling na fotografia: descubra como contar histórias apenas com fotos

Provavelmente, quando você pensa em contar uma história, uma espécie de filme passa pela sua…

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA

Marketing para fotógrafos: como divulgar seu trabalho da melhor forma

“Como investir em marketing para fotógrafos?” — eis aí uma pergunta que é feita com…

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA