Seguro de equipamentos fotográficos: qual a importância?

Independentemente do motivo de uso, câmeras profissionais podem representar um alto investimento, ainda mais quando equipadas com acessórios adicionais, como lentes com preços às vezes superiores ao da própria câmera. Por isso, contar com um seguro de equipamentos fotográficos é crucial.

Se você chegou até aqui, certamente está buscando a melhor maneira de proteger seu equipamento. E, com certeza, contratar uma apólice é uma escolha muito inteligente. Neste artigo, vamos trazer informações para que você possa realizar esse processo com segurança e tranquilidade.

Continue lendo e saiba quais são os principais tipos de cobertura e como contratar a melhor opção de acordo com a sua necessidade!

O que é seguro de equipamento fotográfico?

O seguro de equipamentos fotográfico garante a proteção das suas câmeras profissionais, filmadoras, lentes, flashes, tripés, baterias, bem como de quaisquer periféricos, contra roubo e furto qualificado, danos elétricos, água/líquidos, aluguel e quedas acidentais, com cobertura nacional e internacional.

Uma vez que o seguro seja selecionado, é necessário comprovar a existência da câmera mediante a apresentação da nota fiscal. Se a aquisição do equipamento foi realizada em outro país, é preciso apresentar a Nota Fiscal de origem ou qualquer outro tipo de comprovante de pagamento com data.

Com o compromisso válido por 1 ano, não há necessidade de esperar antes de usufruir das coberturas. Ao fim desse período, é possível optar por renovar a assinatura. É recomendável que seu corretor entregue uma nova cotação de seguro antes do vencimento.

Em caso de sinistro, é importante notificar o mais rápido possível a corretora ou seguradora. Você será solicitado a apresentar diversos documentos, tais como: boletim de ocorrência, comprovante de residência, nota fiscal, orçamento de reparos, informações bancárias e outros dados, se necessário.

Quais são os tipos de coberturas?

Escolher a melhor forma de proteger sua câmera exige conhecimento sobre os tipos de seguro que existem. Atualmente, há cinco possibilidades que você deveria avaliar para selecionar aquelas que mais se encaixam com seus objetivos. Confira quais são elas:

Seguro contra danos físicos

Caso haja incêndio, impacto de veículos ou outro tipo de dano externo que resulte em quebra, queda, amassamento ou arranhadura da câmera, você tem direito à indenização.

Seguro de furto e roubo

Em situações de roubo ou furto, quando há evidências do delito, há a possibilidade de indenização pelas perdas e danos materiais. No entanto, quando se trata de um simples furto, não está prevista qualquer espécie de compensação. Ideal para modelos mais caros, com sistema GFX.

Seguro contra danos elétricos

Em casos de anormalidades de tensão ou calor produzido por acidentes envolvendo eletricidade, choques elétricos e eletricidade estática, como, por exemplo, um raio, a indenização é prevista no seguro de equipamentos fotográficos.

Seguro contra líquidos

Nos casos de danos decorrentes de derramamento acidental de líquidos de qualquer natureza, há a possibilidade de indenização.

Seguro de garantia internacional

A apólice contratada terá cobertura em caso de sinistros fora do território nacional. Dessa forma, você não será pego de surpresa em trabalhos importantes e renomados.

Por que contar com seguro para seus equipamentos?

Contar com uma seguradora é uma importante para proteger seu investimento e garantir que possa continuar a realizar seu trabalho mesmo em caso de qualquer tipo de imprevisto.

Afinal, ele garante maior segurança para trabalhar em locais perigosos, como em áreas de conflito ou em condições climáticas adversas. Com o melhor seguro para câmera fotográfica, o fotógrafo pode trabalhar com mais tranquilidade, sabendo que seu dispositivo está protegido nesses casos.

Afinal, para os mais profissionais, a perda ou danos pode ter um impacto significativo em seu trabalho e renda. Com o seguro, há a tranquilidade de que o investimento para entregar jobs de maior qualidade para os seus clientes não será perdido. Quem está em busca de se comprometer seriamente e ter sucesso na carreira, deve considerar a possibilidade do seguro de equipamentos fotográficos.

Como você pode contratar?

Uma vez que você já teve contato com as garantias que os seguros podem lhe oferecer, mostraremos como proceder para adquirir uma apólice para câmeras, tanto para uso profissional como para uso amador. Dê uma olhada:

  • conte com uma corretora de seguros especializada no assunto — contratar um seguro com especialistas é essencial. Pesquise por uma corretora qualificada e tire todas as suas dúvidas antes de tomar uma decisão;
  • avalie a cotação — após o envio dos dados, você receberá a cotação de seguro. Não se esqueça de avaliar as coberturas e, se houver dúvidas, converse com o profissional que está lhe atendendo. Nesta etapa, você será informado sobre o valor seguro para câmera fotográfica;
  • tenha a nota fiscal da câmera em mãos — após a contratação da apólice de seguro, é primordial possuir a nota fiscal do equipamento (se for comprada fora do Brasil, pode ser usado o invoice). Mas, se não houver nenhum destes documentos, você ainda pode contratar o seguro com o comprovante de pagamento, desde que seja feita uma análise prévia;
  • veja a proposta de seguro — após aprovação da contratação e entrega dos documentos comprobatórios, você receberá a proposta de seguro, contendo seus dados pessoais, descrição dos equipamentos segurados, detalhes das coberturas e modalidade de pagamento selecionada;
  • pegue a apólice — a partir da sua solicitação, a sua câmera ficará imediatamente coberta com seguro provisório, e a seguradora tem até 15 dias para gerar o contrato de apólice. Normalmente, isso ocorre em até 48 horas, e você será notificado assim que for gerado.

Uma das dúvidas mais frequentes sobre o seguro de equipamentos fotográficos é se ele cobre modelos antigos. A resposta é: sim, é possível contratar um seguro para esses exemplares. No entanto, é necessário que você apresente uma prova de aquisição, contendo a data de compra. Essa informação é crucial para que a seguradora confirme a existência do item e também autentique o tempo de uso.

Outra questão comum é se, caso a máquina fotográfica esteja em nome de outra pessoa, o seguro câmera fotográfica pode ser feito. A resposta também é sim. Porém, é necessário redigir uma carta de transferência de propriedade, passando o bem para o nome do comprador. Algumas seguradoras também solicitam a autenticação do documento em cartório.

Gostou do nosso artigo? Então, para ficar atualizado sobre as tendências por trás das lentes das câmeras, não perca tempo. Assine nossa newsletter!

TAGS

Compartilhe nas redes sociais

AUTOR:

Post produzido por Fujifilm X Series Brasil Acompanhe as redes sociais oficiais: @xseriesbr no Instagram e X Series Brasil no Facebook

Logo fuji

Blog Fujifilm

Explore o mundo da
Fujifilm X Series e GFX!

SIGA A X SERIES POR E-MAIL

Inscreva-se e receba a
nossa newsletter e outras
novidades da X Series!

Quem escreve para a X Series:

Mãe e Fotógrafa, apaixonada por ambas funções. Vive de fotografia desde 2001, quando percebeu que luz,...

Analista de Sistemas, Designer Gráfico e Fotógrafo e Certificado Adobe Expert por seu vasto conhecimento...

Fotógrafo, filmmaker e designer gráfico. Criador do PhotoWalk, amante de café e boas histórias.

X-Photographer desde 2014. Trabalho com fotografia e vídeo desde 1995 e transito por inúmeras áreas...

Loja virtual

fujifilm-logo-01

SIGA X SERIES

VEJA TAMBÉM

Making of: Por que mostrar os bastidores do seu trabalho?

Registrar o making of de seus ensaios pode resultar em cliques surpreendentes! Afinal, é possível…

fernandaquintino

VER MATÉRIA COMPLETA
Fundo pra foto: qual a utilidade e quando usar um?

Fundo pra foto: qual a utilidade e quando usar um?

A fotografia é uma arte que captura momentos, emoções e histórias por meio de imagens…

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA
Reels de fotógrafos: como construir um portfólio no Instagram

Reels de fotógrafos: como construir um portfólio no Instagram

Nas redes sociais, a fotografia ganhou um novo palco para brilhar: os Reels do Instagram….

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA
Manipulação de imagem: conheça mais sobre as técnicas

Manipulação de imagem: conheça mais sobre as técnicas

Quando o assunto é fotografia, a tecnologia tem permitido não apenas que as câmeras se…

Fujifilm Brasil

VER MATÉRIA COMPLETA